Como Poupar Durante o Mês


Há sempre pequenas poupanças que podemos fazer ao longo do mês, a minha experiência diz-me que o segredo está no total controlo do nosso dinheiro e na adaptação de pequenos hábitos.
Hoje trago-vos algumas dicas, para quem sente o dinheiro a voar todos os meses, para quem chega ao final do mês a zeros, ou até para trabalhadores independentes, que não sabem muitas vezes com o que podem contar no próximo mês.


1- Fazer uma Lista de Despesas

Eu faço a minha lista, numa agenda fisica, mas há imensas aplicações para o smartphone, se preferirem...
Eu gosto de apontar TUDO aquilo que gasto, seja a conta da água, portagens, cafés, jantares, supermercado, estacionamento, tudo! Tudo é dinheiro, 0,70 cêntimos pode parecer insignificante mas contabilizando todos os cêntimos, no final do mês, a visão passa a ser outra. É a melhor forma de estarmos conscientes do quanto andamos a gastar e para onde vai o nosso dinheiro.
Na foto acima, tenho a lista (super simples) preparada para o próximo mês, eu costumo apontar o dia, seguido da descrição do gasto, o valor, e no final um "símbolo", que irá ser muito útil quando formos contabilizar tudo no final do mês, assim, os gastos já estão identificados na sua categoria e é mais fácil para somar. As minhas categorias dividem-se em contas fixas, supermercado, combustível, compras, lazer e urgências/gastos importantes.

2- Envelopes de Poupança

Este hábito adoptei recentemente, depois de alguns sustos que apanhei, e da frustração que é ver a nossa conta bancária levar um tombo de repente.
Eu tento sempre poupar todos os meses, e como é bom ver a conta a crescer, tendo em vista uma viagem, algo maior, ou até mesmo a satisfação de uma poupança, mas se acontecia uma emergência da qual não estava a espera e o valor diminuía consideravelmente, era algo que mexia com a minha disposição. Tomei assim a decisão de discriminar um valor que irei retirar, todos os meses, para cada envelope.
No meu caso, criei um envelope para gastos com saúde, outro com o carro, e outro para o veterinário (onde tenho gasto balúrdios nos últimos meses). Assim, se ocorrer uma emergência, tenho esse dinheiro que está estipulado para tal e o embate psicológico não é tão grande. O valor a separar, dependerá dos vossos rendimentos, mas 5€/ 10€ é melhor que nada.

3- Comprar no Final do Mês

Aqui falo de roupa, livros, maquilhagem, jogos, coisas que não são realmente essenciais. Foi um dos hábitos que mais me custou implementar, e consiste em esperar até ao final do mês, para decidir se compramos algo ou não. Quantas vezes, no inicio do mês, pomo-nos a fazer compras, e mais tarde aparece uma conta inesperada, um problema a resolver, e damos por nós a pensar, que não deveríamos ter gasto naquela ou na outra coisa. Assim, espera-se passar o mês, com todas as contas e gastos inesperados, e no final decide-se se realmente devemos ou podemos realizar tal compra. Foi das melhores coisas que fiz, porque nada paga a tranquilidade de não termos gasto mais do que devíamos.

4- Lista de Compras de Supermercado

Primeiro tenho um valor mensal estipulado para compras de supermercado, e tento não ultrapassá-lo. Cá em casa faço, semanalmente, um "cardápio da semana" e de seguida a lista de tudo o que preciso comprar para essa semana. No momento, em que vou às compras tento-me restringir sempre a essa lista. Acreditem que com esta gestão dá para poupar umas boas dezenas de euros.

5 - Marmitas

 Dá trabalho ter que fazer algo a mais no dia anterior? Sim, mas eu faço logo para quase a semana toda e poupa-se imenso! Reservo os almoços e jantares fora para os momentos de lazer.
Agora ando de olho nas lancheiras electrónicas, que aquecem a comida no momento e não são nada caras... Alguém já experimentou?

6- Diminuir o Consumo de Carne e Peixe

Já pensaram em deixar a carne e o peixe de lado, um ou dois dias por semana (por exemplo)? São alimentos caros e já está mais que provado que não precisamos de comer carne/peixe todos os dias, bem pelo contrário, e principalmente nos dias de hoje, em que a carne que chega até nós, não é a mais saudável, cheia de gordura, antibióticos, plástico, e mais sabe-se lá o quê...
O que não falta pela Internet são receitas vegetarianas e não custa nada ir experimentando uma ou outra. Por exemplo, fazer um Caril de Legumes, um Alho Francês à Brás...experimentem! (Não vou aconselhar soja porque depois de algumas pesquisas preocupantes, deixei de consumir).
Vão começar a ver a vossa despesa com o supermercado a diminuir, a vossa saúde a aumentar, enquanto que ajudam o meio ambiente (porque a industria da carne está completamente descontrolada e é das mais poluidoras) e já para não falar das questões éticas...

Espero que alguma destas dicas vos seja útil, se tiverem outras que queiram partilhar vou adorar saber,

Beijinhos*




Ketrel - O Creme Anti-Idade Milagroso



Olá todas!

Nos últimos tempos tenho andado a pesquisar mais sobre cuidados anti-idade, assim como, para diminuir manchas na pele, e acabei por entrar no mundo dos retinóides e da tretinoína.

Para quem está a entrar ou já entrou na fase de luta contra os sinais de envelhecimento ,ou mesmo a tentar reverter os mesmos, já deve ter ouvido falar do famoso retinol, que mais não é , do que um derivado da Vitamina A, cuja função resulta no estimulo da renovação celular, que com o passar do tempo vai-se tornando mais lenta, originando o aparecimento de manchas, marcas, rugas, falta de firmeza da pele etc. O retinol que encontramos ,no mercado cosmético,  não é ácido retinóico puro, só ao entrar em contacto com a pele é que, num passo adicional, será transformado em acido retinóico,logo a sua eficácia não é tão garantida e não são muito fiáveis.

O acido retinóico, ou a tretinoína (Ketrel na foto), é o ingrediente que mais ajuda a reverter os sinais de envelhecimento da pele, comprovado cientificamente! Pode-se encontrar nas farmácias a 3.18€ e pode ser sujeito a receita médica.
Ele ajuda, na estimulação da renovação celular, na produção de elastina e colágeno nas camadas mais profundas da pele,  ao combate ao acne,  a melhorar a textura da pele, a diminuir as manchas, poros, rugas, falta de firmeza de pele, marcas de acne etc.

Vou primeiro falar dos cuidados que se deve ter, mas aconselho vivamente a quem esteja interessado, realizar a sua própria pesquisa, e a falar com algum profissional, porque o Ketrel não deixa de ser um medicamento.

- Primeiro de tudo, não é recomendado a grávidas, ou mães que estejam a amamentar.
- Por ser um creme poderoso, tem alguns efeitos secundários, provoca fotosensibilização, irritação e descamação da pele, por isso, é altamente recomendável, começar a introduzir-lo aos poucos na nossa rotina, e ir aumentando conforme a adaptação da nossa pele. Por exemplo, nas primeiras semanas, utilizar apenas uma vez por semana, depois passar utilizar duas, e assim por adiante...
- Este produto é , assim como o retinol, para ser utilizado apenas à NOITE, e é obrigatório utilizar Protetor Solar 50 todos os dias, a pele fica muito sensível, e pode resultar em queimaduras solares, e aparecimento de manchas. Deve- se evitar o contacto directo com o sol , e muitas pessoas param de utilizar durante o verão, para poderem ir à praia sem preocupações e evitar alguns problemas.
- Os primeiros tempos de habituação podem ser um pouco complicados, ele deixa a pele ressequida e a escamar por isso é necessário utilizar sempre um bom hidratante. Este produto actua como um peeling, por isso é normal, a pele começar a escamar, e a ficar um pouco irritada, estes efeitos tendem a diminuir, mas alguma duvida devem falar com o vosso médico ou farmacêutico.
Não se deve fazer a depilação de rosto com cera , o produto deixa a pele a escamar, logo não queremos levar meia pele atrás ao puxarmos as bandas XD
- Deve-se ter cuidado com a junção de produtos, alguns produtos são bastante agressivos ao juntarem-se com ao Ketrel (por exemplo os ácidos) , e alguns podem até diminuir a sua eficácia, pois não são compatíveis.


Como eu aplico o produto?

Eu optei por começar com uma rotina mais simplicista e irei, mais para frente, começar a introduzir, outros produtos.
À noite, depois de retirar a maquilhagem e lavar bem o rosto, espero uns 20 minutos (para a pele recuperar e para não absorver muito depressa o produto), e aplico o Ketrel.  Algumas pessoas gostam de aplicar um hidratante antes, e esperar 20 minuto até aplicarem o Ketrel, o que pode ajudar para quem tem a pele muito irritada ou a escamar muito. Evito passar ao redor do nariz, nos cantos da boca, e no contorno dos olhos. Nos dias em que não utilizo o Ketrel utilizo somente um hidratante à noite.
De manhã, lavo o rosto, aplico o hidratante e depois o protector solar factor 50, espero uns 20 minutos e aplico a maquilhagem.

Já estou a utilizar o produto há um mês e ainda estou a lidar com alguns efeitos indesejáveis, se nas duas primeiras aplicações senti umas picadas (muito ligeiras) na pele, agora só estou a lidar com a descamação, que diminuiu bastante, mesmo tendo aumentado de uma para duas utilizações por semana.
Para quem utiliza maquilhagem pode ser muito frustrante, porque a base irá pegar à pele que está a escamar, tornando-a mais evidente, mas, também,isso está a melhorar.
Em termos de resultados, isto é um produto que resulta pelo seu uso continuo, algumas pessoas só depois de alguns meses, é que começam a notar diferenças,e a notar grandes mudanças significativas.
Em relação à minha pele, depois de um mês a utilizar o Ketrel, noto-a apenas mais luminosa e macia, mas estou bastante entusiasmada para continuar com o tratamento, e daqui a uns tempos volto a fazer uma actualização;)
 (Eu não tenho formação na área, isto são apenas informações que, ao longo do tempo, fui adquirindo, através de pesquisas e de outros profissionais.)

Alguém já ouviu falar, ou já utilizou este produto?


Bjs*



Objectivos e Resoluções de Ano Novo.


Olá a todos!

Como está a correr este inicio de ano? E essas resoluções de Ano Novo?
Este ano decidi aderir ao bullet journal em vez da tradicional agenda, e não fazer resoluções de ano novo, até porque as minhas costumam ser algo irreais, no sentido em que, num ano acontece muita coisa e nem sempre vai de acordo com aquilo que queremos, e acabo por ficar frustrada por não conseguir alcançar o grande "objectivo".
Este ano decidi, todo o inicio da semana, estabelecer objectivos semanais, e por enquanto está a correr muito bem! Pode ser algo simples como, organizar roupeiro, tratar de algum papel, pesquisar para um projecto, ou então fazer algo com vista a alcançar um objetivo maior (que costuma ser as famosas resoluções). Outra coisa que aderi foi ao habit tracker, que consiste num quadro mensal que contém todos os hábitos que pretendo adquirir, por exemplo, fazer exercicio, beber dois litros de água, limpar 15 minutos,  e todos os dias preencho ou não (dependente se cumpri o hábito) o quadro correspondente a esse dia. Isto pode ser um pouco confuso, por isso, deixo um video embaixo, com um exemplo.
O mês aproxima-se do fim e estou bastante contente e satisfeita com os resultados, sinto que consigo também ser mais produtiva e organizada com o meu tempo.



Bjs:)

Sugestão | Manhãs Milagrosas

Olá blogosfera! Hoje vim falar-vos de um livro que me acompanhou nos últimos dias de praia,  e que fez-me  incorporar novas rotinas na minha vida! Sinto que ainda há um certo preconceito contra os livros de desenvolvimento pessoal , ou de auto-ajuda, o que é uma pena. Por vezes, até podemos estar a ler algo que não é nada de novo para nós, mas que é necessário para nos relembramos do que é importante, do que queremos na vida. Este livro foi meio que uma chamada de atenção, e um despertar para a realidade.

Algo que já tinha reparado há muito tempo, é como a primeira hora do dia é muitas vezes determinante de como será o meu estado de espírito para o resto do dia. Por exemplo, o facto de  adormecer, ter de fazer tudo a correr, não me arranjar convenientemente, deixar tudo desarrumado, faz com que comece o meu dia irritada e a desejar que termine, enquanto nos dias que acordava mais cedo, o meu dia era muito mais tranquilo e a energia era outra. O que não me tinha passado pela cabeça é: porque não aproveitar essa "primeira hora" com actividades que me tragam prazer e que me lembrem do que eu quero alcançar nesse dia e nos próximos tempos.
É complicado às vezes acordar mais cedo? É. Mas tudo é uma questão de hábito, e de força de vontade, principalmente se nos trouxer benefícios e energias positivas para o nosso dia. Nada é obrigatório, podem utilizar esse tempo (o quanto vocês decidem) para se exercitarem, para uma caminhada, meditação, escrita, ler, desenhar, dançar, dedicarem-se a um hobby ou projecto pelo qual são apaixonados mas que por falta de tempo fica sempre no fundo da gaveta... O que é certo é que sinto-me mais produtiva e isso reflete-se no decorrer e no final do dia. :)

Aconselho vivamente este livro!

Sinopse

" O que têm em comum Tom Cook, o director da Apple, Anna Wintour, directora da Vogue americana e o fundador da Virgin, Richard Branson? O sucesso? Claro. Mas sobretudo, um segredo muito bem guardado: todos eles se levantam antes do amanhecer e dedicam algum tempo a si mesmos antes de começar o dia de trabalho. Umas horas para fazer desporto, meditar, aprender, crescer....melhorar! É o que propõe Hal Elrod com o seu triunfante método Manhã Milagrosa : levantarmo-nos algumas horas mais cedo para fazermos actividades que nos tragam energia e motivação ao longo do dia. Está na hora de despertar todo o seu potencial!"

Edição portuguesa ---- > Aqui

Opinião | Base Wet N Wild Photofocus


Olá blogosfera! Uma das coisas que gosto mais de experimentar são bases, estou sempre à procura da base perfeita, e gosto ainda mais quando encontro uma boa a um preço acessível!

Já tinha ouvido falar muito desta base, e a maior parte das vezes eram opiniões muito positivas, decidi experimentar e adquiri-la na loja online Primor a 6,99. Para referência, a cor que optei, para utilizar no verão, foi a Golden Beige e penso que acertei, apesar de achar que tem um tom um pouco mais alaranjado do que gostaria.


A primeira coisa que eu notei foi o seu cheiro intenso, quase como a tinta, para mim não é um grande problema mas para alguém mais sensível pode não conseguir suportar. O aplicador não é dos melhores do mundo, mas prefiro que venha com a espátula do que sem nada, pois dá para controlar melhor a quantidade de base que queremos utilizar. Coloco sempre um pouquinho nas costas da mão, e daí começo a aplicar no rosto com uma Beauty Blender.

Na minha pele, com tendência a oleosa no verão, a base dura o dia inteiro o que para mim é essencial. Tem uma cobertura decente, diria que média, mas é preciso ter cuidado na sua construção correndo o risco de ficarmos com aspecto demasiado "cakey".
O acabamento está entre o mate e o acetinado, mas ao longo do dia sinto que a minha pele começa a ficar brilhosa :/ ou seja, não controla muito a oleosidade, contudo a base aguenta-se e não me causa borbulhas o que é sempre importante. Quero experimentá-la no Inverno, para ver se melhora o problema com a oleosidade...
Estava com grandes espectativas e não saíram furadas! Acho a relação qualidade/preço excelente, penso que esta base é ideal para o dia a dia, e quando vou a algum evento ou sei que irei passar muito tempo fora e não me quero preocupar com a base, utilizo a minha Double Wear Light da Estee Lauder!

Já experimentaram esta base? Têm outras baratinhas que gostem muito?

Beijinhos*